• 115

Notícias

Queimadas perto de áreas de preservação podem causar prejuízos à mata nativa

Samae alerta para os perigos dessa prática, feita sem regulamentação por muitos produtores rurais

A partir do mês de julho, os produtores rurais iniciam o processo de queima de campo nas propriedades, mais conhecida como “sapeca”. A prática é comum mas ainda carece de regulamentação. O produtor deve obedecer a critérios preestabelecidos pela Legislação, garantindo a preservação das áreas de mata nativa.


No entanto, não é isso que vem acontecendo. As equipes do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) identificaram problemas com queimas de campo no entorno das áreas de preservação. Moradores próximos à barragem Marrecas ateiam fogo em seus territórios, mas sem o cuidado para que ele não se alastre aos terrenos vizinhos. Dessa forma, as chamas atingem os campos que pertencem ao Samae, queimando a mata nativa, que deveria ser protegida. “O correto seria que esse vizinho tivesse a autorização para fazer a sapeca de campo, mas com controle. É importante ter alguém para evitar que o fogo se alastrasse para dentro das áreas”, destaca o vigilante municipal do Samae, Denilso Soares.


Neste inverno, como o capim está alto, as queimadas podem ser ainda mais prejudiciais, já que o fogo se alastra rapidamente para as áreas de preservação.


Para evitar prejuízos ambientais, o Samae orienta os produtores rurais para alguns cuidados. Entre eles, a preparação de aceiros, que são áreas em que a vegetação é podada para evitar que o fogo se alastre para regiões que não devem ser queimadas. Esses espaços devem ter, no mínimo, três metros de largura, dependendo de questões topográficas, climáticas e tipo de material combustível para a queima do pasto. Além disso, as queimas devem ser evitadas em dias de calor ou de vento intenso para evitar que o fogo saia de controle. Também é importante avisar os vizinhos sobre a intenção da queimada e monitorar a operação para evitar acidentes ou incêndios.


Em caso de flagrante de queima dentro das áreas de preservação, o produtor rural responde por crime ambiental junto à Patrulha Ambiental da Brigada Militar (PATRAM), além de pagar multa, que varia de R$ 313,00 a R$ 124.520,00. Denúncias podem ser feitas pelo Alô Caxias (156 ou www.caxias.rs.gov.br).


Tratamento de Água

Com as represas da cidade regularmente cheias, devido ao bom planejamento da Autarquia e o consumo consciente da população, o Samae possui total controle quanto ao abastecimento de água na nossa cidade.Além disso, com as 6 (seis) Estações de Tratamento de Água em operação, você tem a segurança de que a água que recebe em sua torneira é totalmente própria para o consumo. Isto porque todas atendem a Portaria nº 2.914/2011, do Ministério da Saúde, que define os padrões de potabilidade da água no Brasil. Juntas, elas produzem cerca de 120 mil metros cúbicos de água por dia. No Interior, alguns Distritos e localidades são abastecidas por poços artesianos operados e monitorados pelo Samae.Medidas, como estas e tantas outras, que fazem de Caxias do Sul a primeira cidade do Estado nos índices de saneamento básico, e referência nacional no segmento.


Conheça o Samae

Criado em 1966, o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto é uma Autarquia, ou seja, entidade pública, criada por lei específica, que possui autonomia, personalidade jurídica e patrimônios próprios em relação à Administração pública direta. Há 51 anos, é responsável por manter e proteger os recursos hídricos de Caxias do Sul.Ao longo de nossa história, ganhamos diversos prêmios, de reconhecimento dos esforços para melhorar a qualidade de vida da nossa cidade. Ainda mais importante que os prêmios, é poder contar com a sua colaboração para continuar prestando um serviço de qualidade para toda Caxias do Sul.

Samae, patrimônio da nossa Cidade!

 


Contatos SAMAE

3220.8600 ou 99917.2187

Plantão 24h: 115

E-mail: comunica@samaecaxias.com.br

Últimas Notícias

Plantas têm uma função fundamental nas estações de Tratamento de Água e Esgoto do Samae
Leia Mais
A previsão de entrega da obra é de aproximadamente 90 dias
Leia Mais
Substituição de rede de distribuição ocorre nas ruas Mateo Gianela e Doutor Antônio Boto
Leia Mais
O trabalho na rua Carlos Giesen deverá ser concluído em 15 dias
Leia Mais
Eles conheceram a estação de tratamento de água e receberam informações sobre a construção do complexo
Leia Mais
A colheita das sementes compromete o crescimento de novas araucárias e prejudica a alimentação de animais silvestres
Leia Mais
No último fim de semana, equipes abordaram cerca de 15 pessoas
Leia Mais
07 de abril é o Dia Mundial da Saúde e é impossível falar disso sem falar sobre a água. Confira dicas de como incluir o líquido na rotina.
Leia Mais
Para lembrar a data, Samae alerta para a importância do saneamento básico que influencia tanto para o nosso bem-estar quanto uma refeição saudável
Leia Mais
Autarquia alerta que pagamentos devem ser feitos apenas na rede conveniada
Leia Mais
Os participantes conheceram o caminho pelo qual a água percorre, além de participar de brincadeiras e oficinas
Leia Mais
Os técnicos da empresa de Minas Gerais classificaram a represa como “um empreendimento bem elaborado do projeto à execução”
Leia Mais
Educação Ambiental do SAMAE promoverá atividades práticas e teóricas para alunos de todas as idades
Leia Mais
Técnicos da mineradora conheceram a represa inaugurada há cinco anos, acompanhados pelo diretor-presidente do Samae
Leia Mais